Visão de um filho.

  • 4 anos: meu pai pode fazer tudo.
  • 5 anos: meu pai sabe muitas coisas.
  • 6 anos: meu pai é mais esperto do que o seu pai.
  • 8 anos: meu pai não sabe exatamente tudo.
  • 10 anos: no tempo antigo, quando o meu pai foi criado, as coisas eram muito diferentes.
  • 12 anos: ah, é claro que o papai não sabe nada sobre isso. É muito velho para se lembrar da sua infância.
  • 14 anos: não ligue para o que meu pai diz. Ele é tão antiquado!
  • 21 anos: ele? Meu Deus, ele está totalmente desatualizado!
  • 25 anos: meu pai entende um pouco disso, mas pudera! É tão velho!
  • 30 anos: talvez devêssemos pedir a opinião do papai. Afinal de contas, ele tem muita experiência.
  • 35 anos: não vou fazer coisa alguma antes de falar com o papai.
  • 40 anos: eu me pergunto como o papai teria lidado com isso. Ele tem tanto bom senso, e tanta experiência!
  • 50 anos: eu daria tudo para que o papai estivesse aqui agora e eu pudesse falar com ele sobre isso. É uma pena que eu não tivesse percebido o quanto era inteligente. Teria aprendido muito com ele.

 

Ann Landers

O IEMAB Parabeniza a todos os papais.

Jesus os abençoe! Feliz dia dos pais!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima